• Twitter
  • Facebook

Blog Memória Futebol


Clube Esportivo de Futebol

Autor: Adriano Fernandes - 30/08/2012 Categoria: Adriano Fernandes   Comentários 5 comentários

Clube Esportivo de Futebol

Fundado em 30 de agosto de 1984, manda seus jogos no Estádio Starling Soares, com capacidade para 10.000 pessoas.

Em 1988 conseguiu a inctível conquista de ser vice-campeão brasileiro da série C.

Em 2001, disputas políticas na cidade levaram à criação do Clube Esportivo Passense de Futebol e Cultura, uma dissidência do Esportivo que forçou o clube a mandar seus jogos em cidades vizinhas à Passos.

Confusão no sul de Minas: Os “Esportivos de Passos”

Localizada no sul de Minas Gerais, com pouco mais de 100.000 habitantes, a cidade de Passos tem uma história pouco usual no futebol. Desde 2002 (com exceção de 2006, quando não teve representantes), tem duas equipes com o nome de Esportivo disputando o campeonato mineiro da segunda divisão (correspondente à terceira), apesar da semelhança entre os nomes ferir o artigo 36, letra F, da RI publicada pela CBF em 1991, que não permite o registro de clubes com nomes parecidos no mesmo município. Além disso, os dois clubes possuem uniformes com cores idênticas e escudos parecidíssimos. Nas linhas abaixo, tentaremos esclarecer essa confusão.

O primeiro “Clube Esportivo Passense”

Fundado em 1929 (há registros de que pode ter sido fundado em 1916) pelos amigos Francisco Salles da Fonseca, Farid Esper Kallas, Pivani Piassi, José Barbosa, Dolor Esper Kallas, Henrique Rossi e José Figueiredo, o Clube Esportivo Passense brilhou na cidade de Passos até o final da década de 60. Contando com o empenho do então prefeito Geraldo Starling Soares, que conseguiu do governador Dr. Benedito Valadares a importância de cem mil cruzeiros, construíram o “Gigante dos Eucaliptos”, ainda hoje o único estádio da cidade. O clube ficou conhecido como o “Expresso do Sudoeste”.

O Clube Esportivo de Futebol

Em 1984, o empresário José Eustáquio do Nascimento, o Taquinho, fundou o Clube Esportivo de Futebol. O próprio Taquinho contou que sua intenção na época era reativar o Passense, de quem era um apaixonado torcedor, mas foi impedido por lei, porque já existia o Clube Passense de Natação, o CPN. O Esportivo de Futebol, tornou-se conhecido em todo Brasil, após chegar ao vice-campeonato da Divisão de Acesso do Campeonato Brasileiro (atual Série C) em 1988, perdendo a final pro União São João. Além disso conquistou o título da segunda divisão do campeonato mineiro em 1985 e foi o campeão mineiro do interior em 1989. Após o período áureo, o clube enfrentou um grande declínio, que culminou com seu afastamento das competições durante quase toda a década de 90. Desde o retorno, em 2000, tem feito campanhas pífias na terceirona mineira. A partir de 2001 foi impedido pela Prefeitura Municipal de disputar seus jogos no estádio Starling Soares, e passou a mandar seus jogos em cidades próximas, como Pium-Hi, São Roque de Minas e Itaú de Minas, palco dos jogos da segundona 2007.

O Passos Futebol Clube

Com o ostracismo do Esportivo surgiu um outro clube, também fundado pelo empresário Taquinho, o Passos Futebol Clube. Nascido em 05 de outubro de 1996 e profissionalizado em 1998, o Passos conquistou o título do campeonato mineiro da segunda divisão (correspondente à terceira) em 1998 mas desistiu de disputar o Módulo II do mesmo ano, cedendo a vaga à Esportiva de Guaxupé. Ironicamente, o Ipatinga, derrotado pelo Passos naquela ocasião, iniciou uma trajetória fulminante no futebol brasileiro. Em 2000 e 2001 o Passos FC acompanhou o Esportivo nas disputas do campeonato mineiro da segunda divisão e, desde então, encontra-se inativo. Sua antiga sede foi cedida, pela Prefeitura Municipal, ao Esportivo Passense, reativado em 2002. 

O Clube Esportivo Passense de Futebol e Cultura

Em 23 de janeiro de 2002 o Clube Esportivo Passense foi ressucitado, após divergências políticas entre seus fundadores e os dirigentes do Clube Esportivo de Futebol. Com o nome de Clube Esportivo Passense de Futebol e Cultura, o empresário Carlos Magno Amparado, juntou-se a antigos esportistas da cidade de Passos e formou a primeira diretoria. Apesar das promessas de melhores dias, com o apoio da Prefeitura Municipal, o clube até hoje não conseguiu o acesso ao Módulo II do campeonato mineiro, situação que pode mudar em 2007. 

Os “Esportivos” na Segundona 2007

Para o torneio, a FMF definiu que, para facilitar o trabalho da imprensa, o Esportivo de Futebol fosse conhecido como Esportivo e o Esportivo Passense, como Passense. O Passense formalizou uma parceria com o Clube Atlético Mineiro e os primeiros resultados impressionaram. O clube terminou a fase classificatória em primeiro lugar no Grupo A, com sete vitórias em dez jogos e é um dos favoritos ao acesso e à conquista do título.

Enquanto isso, o Esportivo foi excluído do campeonato antes do término da primeira fase, pelo não pagamento de taxas à Federação Mineira de Futebol, após uma campanha decepcionante, com 2 empates e cinco derrotas, uma delas justamente para o Passense, por 2x0. Aliás, a exclusão do campeonato, antes de seu final, parece ser uma constante da história recente do Esportivo, afinal o mesmo ocorreu em 2000 e 2004.

Resta saber até quando essa história, provavelmente sem paralelo no futebol mundial, continuará a dividir o futebol da pequena cidade mineira. 

Títulos 

1 Vice-Campeonato Brasileiro Série C: 1988

1 Campeonato Mineiro Módulo II: 1985

Estádio

O Estádio Municipal Starling Soares é um estádio de futebol brasileiro, localizado em Passos, no estado de Minas Gerais. Sedia jogos do Clube Esportivo Passense de Futebol e Cultura.

Popularmente chamado "Esportivo", tem capacidade para 5.400 pessoas. A administração do estádio foi concedida através de licitação pública ao clube, em 2007.

Fonte da Imagem: 1 Time por Dia

Fonte:  Blog Clube Esportivo de Futebol


Comentários

Nome: Dalmo Santos Moraes

Infelismente nunca mais vai voltar o nosso querido futebol profissional da nossa cidade,os tempos são outros,os cartolas , dirigentes, empresários,do mundo do futebol superfaturou todos os gastos com jogadores e comissão técnica, visando o lucro imediato de cada um, que ficou fora da realidade para qualquer time.qrandes clubes endividados,só corrupção a todos os lados.
Por isso não acredite em nenhum político disser; o esportivo vai voltar; uma grande mentira. o clube ficará na memória dos amantes da época. adeus.


Nome: ronir amaral

gostaria de saber que vcs teriam o jogo completo do esportivo e flamengo acho que era um jogo comemorativo não sei se estiver me mande estarei grato.


Nome: Roberto Costa Cabral

Fui atleta dessa agremiação e fico muito triste com a atual situação do futebol de Passos,pois tive muita honra e alegrias defendendo as cores do "Esportivo".Sei das dificuldades para se manter hoje uma equipe,não existe mais o jogar com amor pela sua equipe,hoje é só cifrão que se busca.Como o Sr. Dalmo falou;o Clube ficará guardado na minha memória para sempre,pois lembro-me ainda dos jogos que participei aos domingos e as 4ª feiras,do estádio cheio,da cidade toda indo assistir ao jogos do Campeonato Mineiro e depois do Campeonato Brasileiro (1988/1989).Um abraço aos amigos que deixei em Passos e muitas saudades.


Nome: CARLOS ROBERTO

AO LADO DO NOSSO MESTRE ROBERTO COSTA TBEM TIVE UMA PASSAGEM MUITO VITORIOSA E INESQUECIVEL NOSSO PRESIDENTE VALCIR JUNTO COM SUA DIRETORIA CONSEGUIU MONTAR UMA EQUIPE DE RESPEITO, E AINDA ME LEMBRO DOS JOGOS AMISTOSOS DE ALTO NIVEL: FLUMINENSE,FLAMENGO,CORINTHIANS,SÃO PAULO, JUVENTOS,E A CONQUISTA DO BRASILEIRO SERIE ¨C¨ TODOS COM CASA CHEIA, SOU MUITO FELIZ EM TER ESSAS RECORDAÇÕES, OBRIGADO ABRAÇO A TODOS AMIGOS. QUE TEMPO BOM.....


Nome: prof. Cesar La Rosa.

Deixe muitos amigos por la , e boa imagen de Tecnico Competente , gostaria ede Voltar a dirigir o Time por Amor a esa linda TORCIDA de Pasos, ea seu POVO, que me trato com muito carinho. estou a dispociçao. Tlef. de comtato ; 011-41495621- 011- 995544648-vivo- 952699072 tim. Face Book;profesor Cesar La Rosa Saldaña


Deixe seu comentário

Nome:

Seu E-mail:

Assunto da Mensagem:

Mensagem:



Memória Futebol - todos os direitos reservados 2011

Ap1! Comunicação