• Twitter
  • Facebook

Blog Memória Futebol


O cigano do futebol, Dentinho.

Autor: José Renato - 27/07/2015   Comentários Nenhum comentário

dentinho.png

Sebastião do Socorro Araújo de Oliveira nasceu na cidade de Manaus em 28 de setembro de 1956. Trouxe da infância o apelido pelo qual ficou conhecido, Dentinho, por razões evidentes ao vermos seus proeminentes dentes superiores. Começou a demonstrar sua vocação pelo futebol ainda durante as competições entre os colégios disputados na capital amazonense. Jogando pelo colégio Domingo Sávio, chamou a atenção do São Raimundo onde começou a sua carreira profissional em 1974. Em 1976, passou a ser titular e foi o grande destaque do Tufão da Colina que realizou boa campanha no campeonato amazonense daquele ano. Acabou sendo contratado pelo Rio Negro para disputar seu primeiro campeonato brasileiro. Não teve chances de atuar. No ano seguinte passou a defender outra grande equipe local, o Fast Clube, onde foi vice-campeão estadual e teve destacadas participações nos campeonatos brasileiros de 1977 e 1978. Passou a chamar a atenção de equipes de outros estados após a vitória da equipe amazonense frente ao Fluminense, por 2 a 1, em 11 de maio de 1978 em pleno estádio do Maracanã, uma grande zebra. Ao final do brasileirão foi contratado pela equipe da Portuguesa para disputar o campeonato paulista daquele ano. Embora tenha feito algumas boas atuações, inclusive marcando gol contra o São Paulo, campeão brasileiro, acabou não vingando na equipe paulista, sobretudo por conta de contusões frequentes e do frio. No ano seguinte, em 1979, já estava no ABC de Natal, equipe que defendeu durante o campeonato potiguar e o brasileiro e de onde saiu para atuar no CSA de Maceió em 1980. No time alagoano viveu os maiores momentos de sua carreira, sendo um dos grandes destaques da equipe que foi tricampeã estadual em 1980, 1981 e 1982 e vice-campeã brasileira da segunda divisão em 1980 e 1982. Ainda em 1982, voltou para Manaus, onde foi vice-campeão estadual pelo Nacional. Em 1983, vestindo a camisa do Botafogo da Paraíba foi artilheiro do Brasil com 53 gols marcados, sendo 42 pelo campeonato paraibano e 11 no campeonato brasileiro. No ano seguinte, em 1984, foi campeão estadual. Em 1985, chegou a vestir a camisa do grande rival do CSA, o CRB. Talvez isso tenha provocado seu retorno à equipe azulina em 1986, mas desta vez por pouco tempo. Acabou sendo contratado pela equipe portuguesa do Portimonense onde atuou na temporada de 1986/1987. Ao final dela, retornou ao Brasil para defender o Auto Esporte da Paraíba. Já em fim de carreira ainda atuou pelas equipes alagoanas do Comercial de Viçosa e Cruzeiro, e, por fim, o Bacabal Esporte Clube do Maranhão. Dentinho foi mais um cigano do futebol, como tantos outros que marcaram o futebol brasileiro principalmente durante as décadas de 1970 e 1980, sobretudo no futebol do norte e nordeste, quando o campeonato brasileiro era representado por todos os estados da federação.

Comentários

Nenhum comentário até o momento.

Deixe seu comentário

Nome:

Seu E-mail:

Assunto da Mensagem:

Mensagem:



Memória Futebol - todos os direitos reservados 2011

Ap1! Comunicação