• Twitter
  • Facebook

Blog Memória Futebol


Rildo, uma estrela nada solitária

Autor: Adriano Fernandes - 22/01/2012 Categoria: Adriano Fernandes   Comentários 1 comentários

Rildo da Costa Menezes

Rildo iniciou a sua carreira no Íbis Sport Club e vestiu a 'Gloriosa' pelo equipe principal do Botafogo entre 1961 e 1966, regresando mais tarde, em 1972. Pela nossa equipe realizou 298 jogos e fez 3 gols. Rildo da Costa Menezes nasceu no Recife a 22 de Janeiro de 1942 e foi um dos maiores laterais esquerdos da história do Botafogo.

No Botafogo chegou no início dos anos 60, ficando inicialmente na reserva de Nílton Santos. Depois, porém, o Enciclopédia do Futebol foi jogar na quarta zaga, criando as condições para que Rildo se consagrasse no time da estrela solitária.

Rildo foi titular da Seleção Brasileira de João Saldanha nas Eliminatórias para a Copa de 70 e integrante da equipe canarinho no fiasco de 1966, na Inglaterra.

Após a saída do Botafogo, Rildo ingressou no Santos, no final da ‘era’ Pelé, e foi tricampeão paulista (1967-68-69), conquistou o Roberto Gomes Pedrosa (1968), a Recopa Sul-Americana (1968) e a Recopa Mundial (1968). Também jogou pelo CEUB de Brasília e pelo New York Cosmos onde atuou ao lado de Pelé, Beckembauer, Carlos Alberto Torres e outros craques.

Alguns jogos importantes pelo Botafogo:

BOTAFOGO 3x1 PALMEIRAS

» Gols: Quarentinha 40’’ e Amarildo 51’ e 63’ (Botafogo); Zequinha 3’ (Palmeiras)

» Competição: Torneio Rio – São Paulo

» Data: 17/03/1962

» Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

» Árbitro: Romualdo Arppi Filho

» Público: 50.325 (46.368 pagantes)

» Renda: Cr$ 4.588.641,00

» Botafogo: Manga, Joel (Cacá), Zé Maria, Nílton Santos e Rildo; Ayrton e Didi; Garrincha, Quarentinha (China), Amarildo e Zagallo (Neyvaldo). Técnico: Marinho Rodrigues.

» Palmeiras: Valdir, Djalma Santos, Valdemar, Aldemar e Jorge; Zequinha e Chinesinho; Gildo (Zeola), Américo, Vavá e Geraldo José da Silva. Técnico: Maurício Cardoso.

Obs: Botafogo, campeão do Torneio Rio-São Paulo (1962).

BOTAFOGO 3x0 FLAMENGO

» Gols: Garrincha 10’ e 47’ e Vanderlei (contra) 35’

» Competição: Campeonato Carioca (decisão)

» Data: 15/12/1962

» Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

» Árbitro: Armando Marques

» Expulsões: Paulistinha (Botafogo); Dida (Flamengo)

» Público: 158.994 (147.043 pagantes)

» Renda: Cr$ 22.093.570,00

» Botafogo: Manga, Paulistinha, Jadir, Nílton Santos e Rildo; Ayrton e Édison; Garrincha, Quarentinha, Amarildo e Zagallo. Técnico: Marinho Rodrigues.

» Flamengo: Fernando, Joubert, Vanderlei, Décio Crespo e Jordan; Carlinhos e Nelsinho; Espanhol, Henrique, Dida e Gérson. Técnico: Flávio Costa.

Obs: Botafogo, bicampeão carioca (1961-1962).

BOTAFOGO 2x1 BOCA JUNIORS (ARG)

» Gols: Gérson e Jairzinho (Botafogo); Sanfilippo (Boca Juniors)

» Competição: Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol de La Paz

» Data: 15/03/1964

» Local: Estádio Hernán Siles (La Paz)

» Árbitro: Arturo Ortube

» Expulsões: Silveira (Boca Juniors)

» Botafogo: Manga, Joel, Zé Carlos, Nílton Santos e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha, Arlindo, Jairzinho (Amoroso) e Zagallo. Técnico: Zoulo Rabello.

» Boca Juniors: Roma, Simeone, Magdalena, Orlando e Marzoline; Rattin e Silveira; Rulli, Ferreyra (Perez), Sanfilippo e González. Técnico: Aristóbulo Deambrosi.

Obs: Botafogo, campeão do Torneio Jubileu de Ouro.

BOTAFOGO 3x2 SANTOS

» Gols: Jairzinho, 20’, Roberto (2), 40’ e 43’ (1° tempo); Coutinho (2), 4’ e 25’ (2° tempo)

» Competição: Torneio Rio-São Paulo (decisão)

» Data: 10/01/1965

» Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

» Árbitro: Albino Zanferrari

» Expulsões: Paulistinha e Manga (Botafogo); Pelé (Santos)

» Público: 42.068

» Renda: Cr$ 26.069.400,00

» Botafogo: Manga, Mura, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Garrincha (Zagallo), Jairzinho (Adevaldo), Arlindo e Roberto (Hélio Dias). Técnico: Geninho.

» Santos: Gilmar, Ismael, Modesto, Haroldo (Lima) e Geraldino; Zito e Mengálvio; Peixinho (Toninho), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula.

Obs: O segundo jogo não se realizou por alegada falta de datas de ambos os clubes foram excursionar e declarados campeões; Botafogo, bicampeão do Torneio Rio-São Paulo (1962-1964).

BOTAFOGO 3x0 SANTOS (SP)

» Gols: Roberto e Bianchini (2).

» Competição: Taça Círculo de Periódicos Esportivos de Caracas

» Data: 22/01/1966

» Local: Estádio Universitário (Caracas)

» Árbitro: Rui Yañes (Venezuela)

» Botafogo: Manga, Joel, Adevaldo (Zé Carlos), Dimas e Rildo; Élton e Gérson; Jairzinho, Roberto, Bianchini (Parada) e Afonsinho. Técnico: Admildo Chirol.

» Santos: Cláudio (Gilmar), Carlos Alberto, Oberdan, Orlando e Geraldino; Zito e Lima; Dorval, Toninho, Pelé e Abel. Técnico: Lula.

Obs: Botafogo, campeão da Taça Círculo de Periódicos Esportivos de Caracas.

BOTAFOGO 3x0 VASCO

» Gols: Jairzinho 43’ e 57’ e Parada 62’

» Competição: Torneio Rio-São Paulo (decisão)

» Data: 27/03/1966

» Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

» Árbitro: José Mário Vinhas

» Público: 69.960

» Renda: Cr$ 73.024.100,00

» Botafogo: Manga, Paulistinha, Zé Carlos, Dimas e Rildo; Élton e Gérson; Jairzinho, Bianchini (Zélio), Parada (Sicupira) e Roberto (Afonsinho).Técnico: Admildo Chirol.

» Vasco: Amaury, Joel, Brito, Ananias e Oldair; Maranhão e Danilo Menezes; Zezinho (Luisinho), Picolé (Lorico), Célio e Tião. Técnico: Zezé Moreira.

Obs: Botafogo, tricampeão do Torneio Rio-São Paulo (1962-1964-1966).

Fonte: Jogadores do Botafogo


Comentários

Nome: Jediael Costa Araújo.

QUEM É BOTAFOGUENSE SE SENTE HORGULHOSO EM FAZER PARTE DESTA TORCIDA DIFERENCIADA COMO É BOM SER BOTAFOGUENSE. QUANTAS HISTORIAS MARAVILHOSAS E ESPETACULARES . SOMOS PARA QUEM INTERESSAR POSSA. TRI CAMPEÃO DO MUNDO. ANOS - 1958 - 1962 - 1970. A SELEÇÃO BRASILEIRA DEPENDIA DO BOTAFOGO . TENHO 73 ANOS E PARA MEU CONFORTO VI UM JOGADOR GANHAR UMA COPA DO MUNDO SOZINHO ESTE FOI GARRICHA A ALEGRIA DO POVO . TORCEDORES DE OUTROS CLUBES IAM VER SEUS TIMES JORGAR CONTRA O BOTAFOGO APENAS PARA VER GARRINCHA E COMPRIR TABELA UMA MARAVILHA.IGUAL A ESTE NUNCA MAIS. QUEM VIU VIU. PELÈ ESTÃO SEMPRE FALNDO A CADA JOGADOR QUE APARESSE QUE NSCEU OUTRO PELÈ É TODA HORA ESTA HISTORIA DE TRANCOSO. GARRINCHA NÃO ESTE PAPAI DO SEU FEZ E JOGOU A FORMA FORA,LEVOU E NÃO IRÁ MAIS DEVOLVER.ESTE SIM É O REI DO FUTEBOL SIMPLESMENTE IMARCAVEL O MUNDO CONHECEU. SEU DEFEITO NÃO SABIA FAZER MIDIA. ESTE SIM É O VERDADEIRO REI.PELÈ NÃO DARIA CONTA DAQUELA IMPEITADA DO CHILE 1962 NUNCA. GARRINHA COMPROU A BRIGA E GANHOU NO PEITO NA RAÇA FEZ GOLS PARA TODOS OS GOSTOS SALVE MANÈ. PELE FOI UM BOM JOGADOR OBSERVEM ELE NA COPA DE 1970 NO MEXICO JOGOU O NORMAL FEZ MUITA BESTEIRA COMO CRAK MELHOR DO MUNDO SEGUNDO ALGUNS CRITICOS. VEJAM QUANTAS BOLAS ELE CHUTA QUASE PARA FORA DO ESTADIO QUANTOS GOS ELE PERDEU QUE REI É ESSE !!!!!!!!!!! ERA FACIL JOGAR COM PEPE MENGAVEL COUTINHO. ASSIM É FACIL. SÓ QUE ELE FOI INTELIGENTE SOUBE USAR A MIDIA. NA VARZEA TINHA MUITOS PELÈS. E COMO! CLARO ELE TEM SEUS MERITOS SIM ERA MUITO MALANDRO NO BOM SENTIDO NO FUTEBOOL DENTRO DE CAMPO CUSPIA , PEGAVA NO CALÇÃO DOS ZAGUEIROS PARA OS CARAS NÃO SAIR DO CHÃO QUEBROU DUAS PERNAS FEZ SEUS GOLS E ETC.

ATT. QUEM PODER FAZER FAÇA É QUE EU NÃO POSSO. FAÇAM UMA BONITA LAPEDI PARA ESTE EXTRAORDINARIO HOMEM. ESTE CRAK INDISCUTIVEL GARRINCHA. SE ELE FOSSE DE OUTRO PAIIS TERIA UM SELO COMEMORATIVO. VAMOS DAR VALOR PARA QUE MERESSE.SAUDAÇÕES BOTAFOGUENSES. OBRIGADO.


Deixe seu comentário

Nome:

Seu E-mail:

Assunto da Mensagem:

Mensagem:



Memória Futebol - todos os direitos reservados 2011

Ap1! Comunicação