• Twitter
  • Facebook

Memória Futebol Efemérides


17 de julho

Enviado por: José Renato, 17 de Julho de 2017

Araken Patuska (Fonte: SantosFC)

17/7/1905 - Araken Patuska nasceu na cidade de Santos-SP. Participou da Copa do Mundo de 1930. Durante sua carreira conquistou dois Campeonatos Paulistas em 1931 pelo São Paulo da Floresta e em 1935 pelo Santos.

 

17/7/1912 - Nasceu no Rio de Janeiro, o goleiro Wálter de Souza Goulart. Wálter disputou a Copa do Mundo de 1938 na França, onde atuou contra a Tchecoslováquia duas vezes, e contra a Itália. Conquistou dois Campeonatos Cariocas em 1935 pelo América e em 1939 pelo Flamengo, Tendo defendido ainda o Andarahy-RJ, Cocotá-RJ, Santos, Bangu e Vasco.

 

17/7/1927 - O clássico cearense, conhecido como clássico Rei, Ceará e Fortaleza, conheceu a sua maior goleada de todos os tempos, 8 a 0 para o Fortaleza. Essa partida foi válida pelo Campeonato Cearense de 1927. Marcaram os gols do Fortaleza: Hildebrando (3), Pirão (2), Xixico, Humberto e Juracy.

 

17/7/1936 – Nasceu na cidade de Santo Antônio de Pádua, Rio de Janeiro, Jair Marinho de Oliveira. O zagueiro Jair Marinho foi campeão do mundo na Copa do Mundo de 1962, no Chile. Em clubes jogou no Corinthians, Fluminense, Portuguesa, Vasco e Campo Grande-RJ, sendo que todos os títulos de sua carreira foram conquistados pelo Fluminense: Campeão Carioca em 1959 e do Torneio de Rio-São Paulo 1957 e 1960.

 

17/7/1944 - O grande capitão do Tri, Carlos Alberto Torres, nasceu no Rio de Janeiro. Além do Mundial de 1970, um dos maiores jogadores de futebol da história, conquistou títulos com o Fluminense, Santos e Cosmos,e além destes clubes defendeu também o Botafogo, Flamengo e Newport Beach-EUA. Em sua carreira conquistou os títulos de Campeão Carioca em 1964 e 1976 pelo Fluminense, paulista em 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973, da Taça Brasil em 1965, do Torneio Rio-São Paulo em 1966 e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1968 pelo Santos, além da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1963, da Copa Rio Branco de 1968 e  da Copa Oswaldo Cruz também em 1968.

 

17/7/1968 - Em partida amistosa realizada no Estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia, Pelé foi expulso pelo árbitro Guilherme Velásquez por xingamento. A torcida se revoltou a tal modo que o policiamento solicitou que chamasse Pelé de volta para a partida. Diante disso o arbitro é literalmente expulso no lugar do Rei. O Santos venceu por 4 a 2. Velásquez disse, muitos anos depois, que expulsou Pelé depois de ser agredido por alguns jogadores do Santos, com socos e chutes, após validar um dos gols da Colômbia. - Como quase todos eram negros, não pude identificar plenamente o que me atacou, mas tive a impressão de que foi Pelé e por isso o expulsei.

 

17/07/1977 – Faleceu num trágico acidente automobilístico, no Rio de Janeiro, um dos zagueiros mais respeitados da história do futebol brasileiro, o baiano Zózimo Alves Calazans ou simplesmente Zózimo. Zózimo foi campeão nas Copas do Mundo de 1958 e 1962 pela seleção brasileira, onde também conquistou a Taça Bernardo O'Higgins em 1955, a Taça do Atlântico em 1956 e a Taça Oswaldo Cruz em 1956, 1958 e 1962. Em sua carreira, atuou nos seguintes clubes: São Cristóvão-RJ, Bangu, Portuguesa-RJ, Flamengo, Esportiva Guaratinguetá-SP e Sporting Cristal-PER.

 

17/7/1988 - Seleção Brasileira venceu a Seleção Australiana, por 2 a 0, gols de Romário, e conquistou o Torneio Bicentenário da Austrália, em partida realizada no Sydney Football Stadium em Sydney na Austrália.

 

17/7/1990 - Fundação do Macaé Esporte Futebol Clube, equipe carioca da cidade de mesmo nome, inicialmente se chamou Botafogo Futebol Clube, ainda como equipe amadora. Em 1999 passa a se chamar Macaé Sports e no ano seguinte, nova mudança, ao assumir o atual nome. Estreou no Campeonato Estadual da Primeira Divisão em  2008, sendo que em 2009 conquistou o vice campeonato da Série D do Campeonato Brasileiro.

 

17/7/1994 – Na grande final da Copa do Mundo dos estados Unidos, em 1994, realizada no Estádio Rose Bowl,em Los Angeles, o Brasil se sagrou campeão do mundo pela quarta vez ao vencer a Itália na disputa de pênaltis por 3x2, se tornando Tetra campeão do Mundo. O técnico Carlos Alberto Parreira escalou a seleção com Taffarel, Jorginho, depois Cafu, Aldair, Márcio Santos e Branco/ Mauro Silva, Dunga, Mazinho e Zinho, depois Viola/ Bebeto e Romário.

 

17/7/2004 – Em partida realizada no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o Atlético Paranaense sofre sua maior goleada em Campeonato Brasileiro, por 6 a 0, frente a equipe Internacional, gols de Danilo Gomes (4), Fernandão e Alex.


voltar

Memória Futebol - todos os direitos reservados 2011

Ap1! Comunicação